Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

versejos livres

versejos livres

18
Nov07

verde esperança

Lino Costa

minha mãe

podia chamar-se; verde esperança

e morar num lugar

d’albufeiras e castanhos alentejanos

 

seria o destoo d’outono

presa ao tronco

de milenares anéis da vida

podia ser um conto de fadas

 

ou uma balada aciganada

dançante e bela; verde esperança

minha mãe erguida

pra um rebanho fiel

 

frondosa; verde esperança

minha mãe, um refúgio

o abraço do principio que renasce

junto à albufeira morna

09
Nov07

alcances

Lino Costa

delego a luz

a vida de um dia

a inundação do mar

que se abrilhanta

com estilhaços, dançantes, de espelho

 

que me enchem a mim

e ao peito de tertúlias

durante o silêncio desse sussurro

às portas de um eco sem princípio

a luz. e eu e a luz

 

pela cidade regelada

por quem o vento desistiu de vir,

à baixa. oca,

e uiva n’Arrábida

como um lobo

 

e a luz que renasce

num recanto tardio

vai indo num cabresto

numa base de fuste com capitel

e expulsa excessos aos restos. e a luz

 

07
Nov07

amanhã foi ontem

Lino Costa

não tenho rumo

não tenho espaldar

não tenho não

não sinto os meridianos cardeais

 

não sinto pousio

não sinto tacto

só desnorte

cravejes carnais

 

vou ao redondo

ao nunca retrocedido circulo

longe da estrada

distante de mim

 

Perdoem-me os leitores, não estou a lançar-me ao lamento mas sim ao desabafo de uma das fases mais complicadas da minha vida em alguns aspectos... que não interessam para agora, o que é certo é que poucos ou nenhuns o sabem.

Perdoem-me a frieza das palavras que não reportam aquilo habitualmente lêem na minha poesia mas nem sempre somos iguais, felizmente.

Resta-me a despedida e vou tentar regressar ao tema bucólico de que estou já rotulado e aos outros "habitués" temáticos que abordo.

Com os melhores cumprimentos

da Silva Costa

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D