Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

versejos livres

versejos livres

29
Jun12

a corrida

Lino Costa

pujante subiu em mim

perene, uma insana noite

sem pudor

a trotear-me com beijos imensos

vestida de um negro muito escuro

na fronte de um céu cravejado

de estrelas densas, do infinito,

como uma tal raiz de si

 

em nada previa insónia

nem desassossego assim

 

que não me contenha

a renuncia de possuído

pela aragem que me despia

ou o breu que consentido me usava

como o poema faz à mente adormecida,

e na aurora quente, longa,

desmaia e embala a galope

pelo dia que raia como eu

14
Jun12

para quando chova suave

Lino Costa

diluo-me nos teus beijos

como as palavras em mim

quando entranho o poema

que não encontro

e converto-me gota

vagante na saliva

para que outro beijo

me faça múltiplo

e escreva com os gestos

o poema cravejado nessa pele

e seja momento, unguento

que não desapega

como um sentimento

que não esmaece

sempre que um espelho

te ouse ver nua

09
Jun12

recital da fajã azul

Lino Costa

daquela fajã

sou paul

do pensamento navegante

até o fim da escarpa

e faço-me à espuma do mar

remador até ao luar

que te tilinta a enseada

do coração que dorme,

é noite…

foi outro dia

fomos outra alma esbanjada

outra carne saturada…

adormecida no carrocel

sobre a história que te contou um Querubim

de um poeta que vinha do paul

ainda o céu tinha um azul

e a viração também o inundava

de um correr contra o suspiro

de chegar a ti depois de te conter a noite

01
Jun12

the nothing box II

Lino Costa

Em todos os tentos que resisti ao mundo, este novo ciclo de 2012 tem sido generoso com tudo o que me rodeia.

 

Infelizmente, não bastasse o que me havia já trazido a caixinha de surpresas, heis que me surpreendo com mais uma “surpresa”. Nesta imensidão de oferendas, começo a ter dificuldade em gerir tantas emoções fortes.

 

Venho pedir a quem tanto me presenteia com tais iguarias que por favor, se contenham não tenho com que retribuir estas inundações de
generosidade.

 

Chego a contrair-me emocionalmente para que não me desfaça de alegria.

 

Obrigado Tempo.

 

Ricardo Castro Alves

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2007
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2006
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D